Falando de coisas sérias --update--

terça-feira, fevereiro 22, 2011

Eu não sei o que se tem passado ultimamente, mas parece que hoje em dia, não se concorda, ou não se gosta e então venham de lá uma faca ou uma pistola. 
Isto de estar em casa, faz-me ver imensa tv, coisa que normalmente quase não vejo, e todos os dias, hoje principalmente tenho ouvido coisas que me deixam de boca aberta.
Vejam este vídeo, neste vídeo o senhor de vermelho e a senhora de azul são pais da menina, e o senhor mais idoso é avô, está a haver uma discussão sobre qualquer motivo e o senhor de azul exagera chegando a dar uma chapada a uma senhora idosa, foi então que o avô da criança se passou, puxou de uma arma e disparou 6 tiros no individuo de azul, agindo com desprezo como quem se tivesse desfeito de uns sapatos velhos. 

Estas coisas a mim afligem-me, por muito má que a relação estivesse, é preciso chegar a estes extremos? Caramba, ralhem, gritem, exaltem-se, mas matar? 

Há uns dias na Itália, pai e filho jogavam um qualquer jogo de futebol numa qualquer consola, um puro momento de diversão entre pai e filho, de repente começam a discordar sobre a táctica, o pai não faz mais nada puxa de uma faca que estava a mão e corta o pescoço do filho.

Em Portugal, também há uns dias, uma mãe vendo que o filho estava a ter más notas na escola, pôs-lo de castigo retirando-lhe a playstation e a internet, entretanto saiu para ir às compras, quando regressou, o miúdo estava escondido atrás da porta, surpreendeu-a e deu-lhe 5 ou 6 facadas mandando-a para o hospital, ficou livre de perigo, por sorte não morreu. 

A mãe de um outro miúdo de 13 anos encontrou ossos de um cadáver de bebé debaixo da cama do filho, ossos que foram retirados de um cemitério. A mãe fez queixa na policia e o miúdo agora está desaparecido.

Numa escola secundária, também em Portugal, guerrinhas anteriores levaram a que um aluno brasileiro, mudado para a escola no início deste ano lectivo, e portanto novo entre os colegas, levasse uma faca para a escola, e ao passar por um colega desencadeasse uns empurrões e conversas mais avessas, lhe desse uma facada. Assim toma lá.

E pronto, é isto que estamos a viver actualmente, ninguém pode ser contrariado, não se pode discutir, senão levasse uma facada ou um tiro e vai-se desta para melhor...

Não vos assusta?

--Update--
Homem morto por comer pipocas no cinema

Posts Relacionados

0 comentários

Facebook